sábado, 30 de janeiro de 2016

Mágoas

Mágoas
                                                 
] Mágoas [ ] De quem ter mágoas[ Daqueles Cachorros ]Vira-Latas[ que me morderam ] Não! [ São 

Animais ] Não usam Caneleiras ] nas Canelas[

]Usam[ Coleiras ]gostam delas[

] São Pedigris [ ] Heranças de Mandamus [

] Não vale a ] Mágoa [ se... Carrapatos, e Pira ] se misturam[

]E sem falar[ das ] Ôras

]Espécimes de ]Bicheira[

] Que até [ Com Óleo Diesell [ Ameniza-se

] Curar que é bom [ [ Só [ ] Com produtos Veterinários [ Em doses Tóxicas ]

] E [ ] Se não Cuidar [ [ Perfura [

]Senão[ se dissemina [

]Cega [ ] Mata [

] É uma Tortura [

] Pior é ouvir depois [ ] Da Mágoa [ ] Bicheira sim ] Tem Cura [

] Basta cobrir [ ] A Ôra [ com Gordura

] Basta beber [ ] Somente [ ] Coisa [ ] Amarga

] A [ ] Amargura [ ] Mata [ Gota a Gota ]

] É Como [

] Pingo d’Água [ Em ] Pedra Dura [

] Só não mistura a Ôra com Política [ Cara ] A coisa pega [

] Pois se complica [

] É Vírus [ ] Dengue [ ] Chikungunya ] ] Zica [

] Caramba! Eu nem pensei ] Ô Cara [ É Dinheiro demais ]

] Mistura [ ] E que se dane ] A Mágoa [


Dr Ademar Raimundo de Barros ] Em Poesias de Pichação [

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

]Trifásicos [

                                         ]Trifásicos [


] Pois [ Traduzam...
Nós temos que ir na ] Fonte [
] Tenho ido [
] Beber no cântaro [ Da Samaritana ] Como Cristo [
] E sentir o sabor ] Do Sal Amargo [
] E disfarçar [ ] Falando em ] Aramaico [
] Para não sentir ] Resquícios
] Temos que singrar [ Rio abaixo
] Temos que remar [ Rio acima
] Quando [
] Não nos permitem acessar o Mar [
] Nós [ ] Semi Nus [
] Acostumados [ ] Com as Tempestades [
] Sem nem tremer [
] No quente [ ou ] No frio [
] Na Sêde [ ou ] Na Fome [
] Na Vida [ ou ] Na Morte [
] Ou mesmo na base [ ] Do [ ] Miséria e Credo...
] É a Tese [
] E [ a persistência ] A Antítese [
] Perante a quaisquer Hipóteses [ ] Por exemplo [
] Este Site não tem classificação [
] É Corrompido [
Responde ] Fonte [
Qual a origem desta Entalpia ] Alienígena [
] Se [ Não criei ] Fulano [
] Se [ Não criei ] Cicrano [
] Se [ Não criei ] Beltrano [
] E [ Não criei...
] Etc [ ] Etc [ ] Etc [ ] Etc [ ] Etc [
] E por mais incrível que pareça [ Não sou [
] O criador [ da Companhia da índias Ocidentais ]
] Nem [ ] O ] Idealizador [
] Da Companhia das índias Orientais [
] Nem da Companhia de Jesus [
] Cuja Miniatura [ Seja objeto de interesse
] Do Google Maps [ Pode?
] É demais [

Dr. Ademar Raimundo de Barros... Em; Poesias de Pichação.

sábado, 23 de janeiro de 2016

João e Maria

João e Maria


Não sinto mais ] A necessidade compulsiva [
 De justificar-me
] Por estas [ Minhas Páginas ] Corrompidas
] Por Hansel [
] Por Gretal [ e
] Por [ [ João, e Maria [
] Filhos legítimos [ ] ] De um Lenhador [
] Que concordou [
] Com sua Mulher [ ] Madrasta [
Jogar ] João, e Maria [ na Floresta ]
] Porque [ não tinham em Casa ] O quê comer
E no Caminho ] João [ e [ Maria [
] Traçaram as “picadas” de volta [
] Migalhas de Pão [ Que foram comidas pelos ]
] Pássaros [
] E eles perderam-se [ Na Floresta que era [
] Infinita [
No Caminho ] Uma Casa [ que tinha de tudo
] Era feita de Doces [ E não era de ] Taipa [
] E de Fome [ 
] Comeram as Guloseimas que estavam as vistas [
] E [ Mesmo assim
] Um sorriso sardônico [ receberam
] Era a Dona da Casa [ uma ] Bruxa [
] Era a Dona de tudo [ e tinha um plano
] Alimentava João ] Que engordava
] Maria escravizada [ enfraquecia
] Depois [ Comi-la-ía-os ] sim!
] Comi-la-ía-os [
] Mas [ ] Os [ ] El Ninos [
] Descobriram os ] Planos [
] E atiraram a Bruxa ] No seu próprio [ Forno
] E [ Livres ]
] Foram encontrados ] Pelo ] ] Pai [ Será!
] A Mulher [ ou Mãe ] ] Ou má Madrasta [
] Havia morrido [ soterrada?
] Isto não diz o ] Conto [
] Mas [ Voltaram ] Levando consigo
] Provisões[ ] Suficientes [ Para o resto da Vida ]
] Muito interessante [
] João, e Maria [ ] ] Muito recente [
] Os exterminadores de Estruturas [
] Caçadores de Fantasmas [ E exorcista dos Monstros que venham destruir
] Tudo o que foi construído [ Interessante ]
] Tão diferente [
] Daquela história [ ] Daquela menininha [
] Chamada [ ] Mariana [ 
] Ela[ Não foi abandonada [ na Floresta
] Da Floresta [ Ela foi expulsa
] Para a expansão dos Canteiros [
] E [ Extração de Minério ]
] Agora! [
] Calada [ ] Sisuda [ ] Cismada [
] Divide a Culpa [
] Comprada ] Por Cem mil Réis [
] Não consta mais ] Nos Contos ] Infantis [
] Tem outro Mapa [
] E para espanto do [ Comendador
] Dos Olhos de Mariana ] Algumas Lágrimas
] No Vale ] a Lama
] Na Lama ] um Mistério
] A Água [ Turva
] E o Rejeito ] Singra para o Mar
] Minério [ Sulfatos [ Sulfetos [ Sulfitos [ de Ferro
] E [ Uma Baleia Tonta
] Que na invisibilidade destas águas toldas [
] Procura com ansiedade [ O seu Filhote ]
] Estronda [ ] Esturra [ ] Torna-se assassina [
] Mete a Cauda [ vem ] Estoura Sondas [
] Arromba [ Essa Cânulas Petrolíferas [
] E [ ] Nós [ ] Os Semi Nus [
] Pela primeira vez [ vamos ouvir
] O Petróleo [ ] É [ ] Vosso [
] Pagem [ ] Por este desastre ] Astronômico [
] Assumam [ Esta tragédia ] Ecológica [
] Sem nenhum Centavo ] De Propinas [


Inspirado em logo tipo estranhos criados de temas infantis: têm levado criaturas as alturas ] Confira o Filme [ João e Maria ] [ E imagine muito bem [ A Poesia de Drummond ] O Vale [ ] E considere ] tudo isto ] Corrompido [ por... Dr. Ademar Raimundo de Barros.  

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

] Cismas [

] Cismas [

] Silêncio no Mundo [
] A Alemanha, e México [ Manifestam-se
] Hoje [ ] Cedo [
] Do mesmo jeito [ ] O Firefox [ à 100 % [
] Qual será a dúvida [ ] Que possa [ ] Ou deva ] Existir [
] Neste [ ] Espaço Gravitacional [
] Que me atrai [
] Que me impulsiona [
] Mas que [ ] Por tantas vezes vem [ ] Repele-me [
] Deixem-me criar [ ] Outra máxima de Marx [
] Os Navegadores não têm [ ] Nem deveriam ter [
] Nacionalidade adquirida [
] Eles [ são Navegantes
] Perdidos [ ] Nestas imensidões [ ] Dos Mares [
] Vivem nas Nuvens [
] De [ ] Espuma e Sal [ ] e de ] Espera [
] E [ Destas ilusões em Ondas
] A procura destes [ Azimutes ] ] Em Papiros [
] Que um Pirata deixou [
] Nos refúgios da Percepção “Inconsciente” [
] Sem possuir [ ] Sondas [ ] Nem Radar [
] Isento [ de ] Holofotes [
] Mas a consciência diz [ Procure
] E a persistência diz [ Explore
] Busque [
] Proteja-se [
] Orgulhe-se [
] Mas por favor [ Navegador
] Fuja do fascínio [ e ] Do Fanatismo [
] E [ Preserve os conceitos da ] Liberdade [
] Seja livre [
] Liberta-se [
] Navegador [ ] É impossível [
] Você navegar [ se ] Alguma coisa prenda [
] As Correntes [ e ] As Hélices [
] Ou que seja [ ] Chave [ ] Ou [ ] Cadeado [
] Que possa te iludir [ 
] Ora! Navegador [ ] Calcule [
] Qual será o resultado [ ] Da Ação [
 ] De uma inteligência [ maior ] ] Sobre uma inteligência [ menor ]
] Que se propor navegar [
] Será um desastre [ ] Navegador [
] Sois reles miniatura [ ] Perante o Google Maps [
] Nem sois [ ] Nem Hércules [
]Ora! [ ] Navegador [
] Tu [ és] [ A força menor ]
] No meio de duas Forças [ ] Enormes ] ] E antagônicas [
] E se uma puxa a Corda [ para o Leste ]
] E a outra puxa a mesma Corda [ para Oeste ]
] Claro! Navegador [
] Tu és o Nó [ ] E o Nó se rompe [

Dr. Ademar Raimundo de Barros ] Em Poesias de Pichação [

domingo, 17 de janeiro de 2016

] Sem [ meios ] termos

] Sem [ meios ] termos

] K! k! k! K! k! K! k! [
] Quá! Quá! Quá! Quá! QUÁ [ Dá pra rir ]
] Não consigo ver [ ] Os motivos plausíveis [
] Nem inadequados [
] Nem irresponsáveis [ ] Nem irresponsíveis [
] Que justifique-se [ ] A Corrupção [ ] Indébita [ ] Destas ] Páginas [
] Nem [ ] Destes Arquivos [
] Pois em defesa prévia [ ] Eu [ ] Diria [
] São apenas [ Arquivos ]
] Nada mais [
] A Réplica [ seria ] Somente ] Arquivos [ OK!
] Tô tentando [ entender
] A Tréplica [ ] Seriam Arquivos [
] OS MESMOS [
] Que não incitam as Massas [
] Que não faz Apologia ao Terrorismo [
] Que [ Não estimulam ] Atritos [
] E [ se fala de ] Políticos [ e ] Políticas [
] Quem? [ Não fala...
] Os mais interessados [ ] Falam [
] Os menos interessados [ ] Ojerizam [
] E [ ] Os mais que interessados [ ] Aterrorizam [
] Vô tentando entender [
] Por que [ os desconfiados ] Calam [
] Até as Bactérias não querem morrer [ E resistem ]
]E [ momentaneamente ] o Cotidiano é este [
] Belo [ E ] Promissor [
] Em meio de ] Clones [ e ] Clonagens [
] Aladas [ ]  A estas Mutações Extemporâneas [
] Como [ ] Guerra, e Paz [
] Como [ ] Deus e o Diabo [ nesta Terra do Sol ]
] Como [ O Tempo, e o Vento [
] Como [ ] O vento levou [
] Ou [
] Como [ ] Morte e Vida [ ] Severina [
Mas tenho observado ] Que na medida em que [
Os ] Fatos vão acontecendo [
] Havemos que ser [ Escravos [
] Eu sei [  ] Mesmo acorrentados em meios termos [
] Literalmente [ ] Falando [

Dr. Ademar Raimundo de Barros ] Em [ ] Poesias de Pichação [

sábado, 16 de janeiro de 2016

Imediatismo

Imediatismo

Entre milhares de ] complementos ]
] Prefiro ficar [ ] No Firefox
] Pois dele [ recebi ] A Mão
] E dele [ ] Não recebo estes avisos abusivos [
] Este “Site” não tem classificação [
] Estes Arquivos não estão disponíveis [
] Para a Leitura [
]Para nenhuma reflexão [ ] Pois estão [ Corrompidos
] Só não entendo [ Porquê ]
] E se não consiga entender ] Não curvo-me [
] Será por que falei [
] Que a Guerra agora [ é ] Guerrilha
]Urbana [ ] Favelada ] Suburbana [ ] Desumana [
] Desalmada [ Santo Deus! Miséria, e Credo!
] Respondo-vos [
] Que não fui eu quem criei [
] E [ Não sou eu ]
] O devoto [ ] Ou [ ] Apóstolo do ] Incentivo [
] E [ se tudo o que estiver acontecendo no Mundo ]
] For [ Fruto de minha imaginação
] Não [ considerem-me normal ]
] E sim [ Louco “Varrido” ]
] E [ Por falar nisto
] Cadê a Lua! [ ] Encheu! [
] Aonde anda [ ] O Sino [
] Cadê os Anjos? [
] Não vejo Gabriel [ ] Não há ] Nenhum Arcanjo [
] E [ Cadáveres perguntam-me ]
] Aonde ficam ] Os Céus [
] E [ ] EU [ Ainda zonzo ]
] Cadê o Estrondo [ e ] Bummm! [
] Daquelas mesmas Bombas ] E [ Bumm! ]
] E [ EU ] Estonteado [
] Aonde anda a Bomba [ que explodiu um ] Dia [
] Onde [
] A Bomba anda [ e ] Nem ] Lembro-me mais [
] A Bomba explode ainda [
] Aonde! [
] Cuma! [ Serão aquelas amarradas na cintura ]
] Não! [ ] Daquele homem Bomba [ que sumiu ]
] Cuma [ se chamam elas ] leva [ Eu [
] Eu [ ] Falo do absurdo [
] Aponto [ a falta de ] Escrúpulos [
] E [ Falo do ] Leva tudo [
] Critico [ Quem fale, ou diga... Leva Deus!
] Nestas condições [ mediadas pela vaidade da força maior ] Regida pela vontade “Humana” ] Que Verbis [ ] Louvo a Deus [
Dr. Ademar Raimundo de Barros... Em; Poesias em Pichação.

sábado, 9 de janeiro de 2016

] Assédios [

] Assédios [



] Destas cargas Virais [ ] Destas ] Regras de Jogo [
] Que manam [ do Livre Arbítrio
] E [ ] Do Silêncio ] imposto [
] Que Invisível [ O Vento trás
] E [ ] O Eco [ Dá prosseguimento
] A estes [ Versos Malucos
] No Palco [ ] O Homem [ ] O Astro [ ] O Ator
] A vida [ ] Um Livro sempre aberto
] Ás vezes lido [
] Mas por quantas vezes ] Nem [ lembrado
] De longe [ ] A Piedade [ acena
] Neste Laboratório [ de Cobaias Humanas
] Cordeiros [ de Deus ]
] Levados por essas [ Ondas ] ] Cruéis [ que nos difamam ]
]Oriundas [ Destas Locuções Adjetivas
] Espinhos [ Desta Liberdade [ Declarada ]
] Muitas vezes [ Contida ]
] Censurada [ ] E [ Exposta ] para o opróbrio dos próprios [
“Impróprios” para a divulgação [ Em ]
] inserinit. exe [ ] ou [ WINWORD. EXE ]
] Dos Arquivos [ considerados Corrompidos [
] Destas Pastas [ C:/ Smft ] ] Indisponíveis
] Para a Leitura [ ] do [ Homem comum
] A não ser que [ ] execute ] ou procure [
] O Utilitário [
] Sanatório [ ] Cemitério [ ] Nosocômio [ Secretário [ ] Sanitário [
] Destas causas ] Perdidas [
] Por ordem de [ Um ] Mandatário [ Conhecido por ] ChsKdesK [
] E [ Eu fiquei imaginando ] Misérecredo! [
] E [ se fosse... SuKhaKha ] Onde [
] Onde [ ] Eu [ ] SuKhaKharia [
] No [ Vaso ] ] no ] Ralo [
] Ou [ ] No [ Roda Pé ] da minhas ] Poesias [

Dr. Ademar Raimundo de Barros ] em ] Poesias de Pichação [